Por que devo notificar um produto?

Você ainda não sabe qual é a importância de notificar um produto para a vigilância sanitária? Continue lendo a matéria e entenda como funciona esse processo!

Primeiramente, é preciso entender que a notificação se configura como instrumento essencial para que haja análise e monitoramento de determinados produtos pelos órgãos de saúde e Vigilância Sanitária, a exemplo da Anvisa.

Isso porque, esse é um dos serviços fornecidos pela empresa e pelos demais órgãos fiscalizadores locais para um melhor entendimento do mercado.

Sendo assim, o Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária (NOTIVISA) tem papel fundamental para que a própria população ou profissionais de saúde consigam dar sua contribuição e comunicar através da plataforma, suas suspeitas ou falhas encontradas em produtos correlacionados com a saúde, serviços, medicamentos, produtos de limpeza, de beleza, equipamentos e tantos outros.

Dessa forma, as informações de segurança e qualidade efetiva dos produtos são utilizadas como subsídio para regularização do mesmo. Para que você entenda mais sobre o que é a notificação e para que serve, selecionamos alguns aspectos, confira a seguir:

1. O que é a notificação para Vigilância Sanitária?

Em resumo, a notificação para Vigilância Sanitária, é basicamente, a informação de problemas, danos ou riscos eventuais causados por produtos e serviços relacionados à área de saúde.

Nesse caso, você pode relatar um problema em diversas áreas, como cosméticos, medicamentos e vacinas, alimentos, produtos de saúde, transfusão de sangue, saneantes (produtos de limpeza), doação e transplante de órgãos, tecidos e células, dentre outros.

2. Para que serve a notificação de um produto?

A notificação voluntária após a compra de um medicamento é importante para que a Anvisa colete dados da farmacovigilância, isto é, de avaliação e identificação de riscos e/ou efeitos, sendo eles positivos ou não, causados pelo uso de medicamentos.

Portanto, com essa comunicação a Anvisa consegue examinar a ocorrência desses casos na saúde e agir através de protocolos de prevenção, fornecer relatórios, acompanhar os casos e fazer uma análise geral desses casos.

3. Como posso notificar um produto na Vigilância Sanitária?

Como posso notificar um produto?

Os cidadãos podem notificar um produto através de um formulário no site da Anvisa após serem manifestadas eventuais reações por meio do uso de medicamentos.

Já os profissionais de saúde, no caso dos que já possuem acesso e cadastro na plataforma, também devem comunicar por meio do site na NOTIVISA.

Logo após, os profissionais da Anvisa fazem uma análise do que foi comunicado, e podem realizar eventuais medidas a depender dos resultados, entre elas, punições sanitárias, como cancelar o registro, suspensão de vendas e muito mais.

Além disso, as devidas medidas para saúde de quem realizou a ingestão também são incluídas no processo.

A Santé – Consultoria em Vigilância Sanitária

A Santé realiza consultoria, assessoria e treinamentos de forma exclusiva para o seu negócio, que vão desde análise de propostas para atuação no mercado, até organização, planejamento e preparo interno da sua empresa.

Dessa forma, contamos com uma equipe especializada em Vigilância Sanitária, incluindo empresas do ramo da beleza, saúde, alimentos, entre outros.

Ademais, para agendar a sua consultoria entre em contato conosco:

• Fone: (83) 3045-0997

• E-mail: contato@santeconsultoria.com.br

Caso você verifique alguma irregularidade entre em contato com os órgãos fiscalizadores. Para mais informações sobre registro de produtos, consulte a Anvisa.