O que devo observar ao comprar produtos de limpeza?

Um dos fatores a serem observados que devemos ter não só em casa, mas em qualquer estabelecimento ou empresa em que trabalhamos, é a higiene e limpeza local.

Por isso, também chamados saneantes, os produtos de limpeza utilizados para retirar sujeiras e bactérias, e por conseguinte, evitar o aparecimento de doenças, são imprescindíveis para a saúde da sociedade.

Quais são os saneantes?

São exemplos:

  • Desinfetantes;
  • Ceras;
  • Detergentes líquidos;
  • Detergentes em pó;
  • Água sanitária;
  • Inseticida.

Entretanto, antes de serem vendidos nos estabelecimentos comerciais, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fiscaliza esses produtos, a fim de que haja um controle na qualidade e segurança dos mesmos.

Sendo assim, esses produtos precisam estar de acordo com as exigências do Ministério da Saúde.

Frequentemente, a venda de produtos clandestinos é realizada em torno da sociedade e estão no mercado sem a permissão dos órgãos fiscalizadores, o que pode ser muito prejudicial. Além de nocivos à saúde, esses produtos não seguem o resultado esperado, portanto, não desinfetam ou limpam.

E para que você identifique-os, separamos alguns cuidados que devem ser observados na hora de comprar os saneantes, confira a seguir:

1. Verifique a embalagem

Imagem de saneantes coloridos em embalagens de refrigerante, e sem rótulo.

Geralmente, os produtos clandestinos são vendidos em embalagens reaproveitadas de refrigerantes e bebidas, além de cores atrativas.

Portanto, é imprescindível que as embalagens contenham rótulos. Caso não haja, é sinal de que não há o registro do Ministério da Saúde.

Além disso, saber informações dos componentes dos produtos também é importante para evitar casos de doenças, além de infecções, queimaduras, entre outros.

Ademais, normalmente, esses produtos são mais baratos, mas acabam se tornando mais caros por não funcionarem e nem cumprirem a sua função de limpar e eliminar germes e bactérias.

2. Verifique o rótulo

Imagens de produtos de limpeza coloridos.

Segundo a Anvisa, algumas informações devem estar, obrigatoriamente, contidas no rótulo, como por exemplo:

  • O nome do fabricante e/ou importador, com os contatos e os responsáveis pelo produto;
  • Deve conter a frase “Produto notificado pela Anvisa” ou o número de registro do produto;
  • Avisos e sugestões de primeiros socorros;
  • Instruções de uso;
  • Número de telefone para atendimento ao consumidor, caso haja alguma dúvida ou ocorra algum imprevisto;

Portanto, verifique antes de fazer a compra!

3. Cuidados gerais: como armazenar os produtos de limpeza?

Imagens de produtos de limpeza armazenados em um armário.

Primeiramente, o uso do rótulo é importante até para estarmos atentos às instruções e verificar as substâncias presentes no produto. Isso pode prevenir possíveis doenças, queimaduras e alergias.

Em seguida, outro ponto a ser analisado, é o armazenamento, que varia de acordo com o produto. Na maioria das vezes, deve ser feito em temperatura local, sem umidade, e os produtos devem ser protegidos do calor, mas não é uma regra.

Além disso, também é necessário estar atento onde o produto está, e armazená-lo em um local que esteja longe do alcance de crianças e animais.

Por fim, na organização, é importante deixar de um modo fácil de verificar se o produto está no prazo de validade.

Consultoria em Vigilância Sanitária

Os serviços de consultoria da Santé tem o objetivo de auxiliar uma empresa a estar de acordo com as normas estabelecidas por órgãos de vigilância sanitária e Anvisa.

Para agendar a sua consultoria entre em contato conosco:

  • Fone: (83) 3045-0997
  • E-mail: contato@santeconsultoria.com.br

Caso você verifique alguma irregularidade entre em contato com os órgãos fiscalizadores. Ademais, para dúvidas e/ou mais informações, consulte o site da Anvisa: http://portal.anvisa.gov.br/