Manipulação de alimentos: quais cuidados devo tomar?

Você atua no nicho de alimentação, mas ainda não sabe quais cuidados tomar ao fazer a manipulação de alimentos?

Continue lendo o artigo e tire todas as suas dúvidas a respeito desse tema!

Incialmente, quando falamos sobre a manipulação de alimentos, sabemos que a saúde e a segurança das pessoas que irão consumi-los está em jogo.

Esse cuidado, portanto, deve ser ainda maior em tempos de pandemia ou quanto estamos com algum tipo de resfriado, já que detalhes como uma boa higienização e armazenamento são fundamentais para a qualidade final.

Podemos pensar na segurança alimentar como uma forma de diminuir o desperdício e prevenir doenças. Por isso mesmo, não podemos deixar de validar que essas práticas devem ser realizadas conforme as normas de saúde e Vigilância Sanitária.

Até mesmo porque, a qualidade no processo de produção está diretamente ligada à credibilidade que o seu negócio terá diante dos clientes.

E para te ajudar a seguir os cuidados com a manipulação de alimentos, selecionamos 3 dicas essenciais. Confira: 

Mantenha as boas práticas de higiene

Créditos de imagem: Pixabay

Essa dica pode parecer óbvia, mas deve ser sempre lembrada e, por isso, é válido ressaltar: mantenha as práticas de higiene.

Isso significa não só lavar bem as mãos e os próprios alimentos, mas assegurar que os colaboradores estejam de uniforme, sigam as Boas Práticas referentes ao negócio, realizem as atividades de limpeza com frequência, e muito mais.

Todo cuidado é necessário para prevenir riscos e garantir a credibilidade do seu negócio diante do mercado.

Além disso, no período em que nos encontramos, é preciso solicitar que os clientes estejam como máscara ao se deslocar da mesa, disponibilizar álcool em gel, e fazer a higienização das mesas a cada saída de clientes, para receber outros.

Garanta o armazenamento adequado

Créditos de imagem: Pixabay

Sabemos que o armazenamento adequado e o cuidado com data de fabricação e validade dos alimentos são pilares na cozinha.

Por isso, procure sempre analisar esses detalhes, e treinar os colaboradores para isso, evitando futuras complicações com a vigilância sanitária nos momentos de inspeção e fiscalização.

O fato de não oferecer a qualidade devida pode gerar punições por infração sanitária, podendo levar a multas ou até mesmo a interdição do local.

Lembre-se dos equipamentos e utensílios

Créditos de imagem: Pixabay

Equipamentos e utensílios devem ser bem higienizados antes e após a utilização.

Caso não estejam limpos da forma correta, podem acumular bactérias e até contaminar os alimentos. Além disso, a utilização de luvas específicas é fundamental para o cumprimento de cada atividade.

Por fim, os funcionários são uma parte essencial para que tudo se saia bem, tanto para a saúde dos mesmos, quanto para o fornecimento e atendimento adequado aos clientes.

Separar bem as atividades e oferecer cursos para conhecimento de segurança alimentar é uma forma de garantia.

A Santé: Consultoria em Vigilância Sanitária

A Santé oferece serviços de consultoria assessoria e treinamentos voltados para assegurar a qualidade nos produtos/serviços da sua empresa, bem como a saúde dos funcionários, colaboradores e clientes.

Da mesma forma, cuidamos da parte administrativa, que vão desde análise de propostas para atuação no mercado, até organização, planejamento e preparo interno da sua empresa.

Nesse sentido, contamos com uma equipe especializada em Vigilância Sanitária, que oferecerá todo o suporte necessário para a construção de uma imagem sólida no mercado.

Ademais, para agendar a sua consultoria entre em contato conosco:

• Fone: (83) 3045-0997

• E-mail: contato@santeconsultoria.com.br

Caso você verifique alguma irregularidade entre em contato com os órgãos fiscalizadores. Para mais informações sobre registro de produtos, consulte a Anvisa.