Como adequar seu restaurante às normas de vigilância sanitária?

Você possui um restaurante e deseja adequá-lo às normas de vigilância sanitária?

Continue lendo essa matéria e saiba mais sobre:

  • A importância de estar de acordo com a vigilância sanitária.
  • Como estar bem preparado para receber uma fiscalização;
  • As principais normas de vigilância sanitária para restaurantes, bares e estabelecimentos do ramo alimentício;
  • Por que é importante obter uma consultoria em Vigilância Sanitária?

Primeiramente, é válido destacar que, o ramo alimentício está diretamente interligado com a saúde das pessoas, por isso, cuidar dos aspectos sanitários da sua empresa, é cuidar também dos seus clientes, e possíveis consumidores dos pratos a serem preparados.

Sendo assim, estar em ordem com a vigilância sanitária, é também, ter um espaço de credibilidade diante das pessoas. Isso porque, em uma inspeção sanitária, você precisa ter um ambiente regularizado e produtos registrados, limpos e bem cuidados. Caso contrário, o seu estabelecimento pode sofrer consequências como multas, ou até mesmo, ser fechado.

Por isso, selecionamos algumas dicas fundamentais para adequar seu restaurante às normas de vigilância sanitária. Confira a seguir:

1. Esteja atento ao manuseio adequado de alimentos

Manuseio de alimentos por cozinheiro. Imagem: Pixabay

Além da limpeza adequada, a forma de preparo dos pratos em restaurantes e bares deve estar adequada às normas da Anvisa, por isso esteja atento ao manuseio adequado de alimentos!

Isso porque, você evitará a contaminação e outros problemas no ato do consumo. Sendo assim, a Anvisa recomenda que a data de validade para consumo seja seguida com rigor, além de que os próprios produtos industriais devem ser adquiridos de um estabelecimento licenciado.

Por fim, os alimentos devem ser bem armazenados segundo a temperatura que é recomendada a cada um, e depois de abertos, armazenados em recipientes adequados.

2. Realize treinamentos com funcionários e colaboradores

Treinamento de colaboradores. Imagem: Pixabay.

Existem serviços de treinamento específicos para a capacitação de funcionários e colaboradores. É importante que sejam utilizados, a fim de que sejam ensinadas e aplicadas as técnicas de manipulação, as normas exigidas pela Anvisa, entre outros.

Isso porque, os cozinheiros, auxiliares, e demais funcionários do ramo, precisam saber adotar os procedimentos de higienização, já que lidam diretamente com os alimentos.

Além disso, o conhecimento da resolução própria para bares e restaurantes da Anvisa, a RDC nº 216 é imprescindível para que as normas sejam devidamente aplicadas.

3. Documentos e registros atualizados

Conheça as principais normas da vigilância sanitária para restaurantes. Frest, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3bgFa8Y

Manter os documentos e registros atualizados e organizados é necessário, principalmente no caso de uma inspeção sanitária, em que eles devem ser apresentados.

Alguns exemplos são: o CNPJ, regularização da vigilância sanitária, autorização de funcionamento local, registro de produtos e equipamentos (como de temperatura de geladeira), Manual de Boas Práticas e dos Procedimentos Operacionais Padrão (POP), entre outros.

Contudo, é válido levar em consideração ainda, que a própria estrutura local deve estar bem higienizada e propícia para receber pessoas, portanto, deve ter boa ventilação, limpeza, organização, e principalmente a higienização do restaurante em si, da área de trabalho, e de banheiros.

Por que é importante obter uma consultoria em Vigilância Sanitária?

Os serviços de consultoria são importantes para auxiliar a sua empresa a estar de acordo com as normas estabelecidas por órgãos de vigilância sanitária e Anvisa.

A Santé inclui em seus serviços treinamentos para colaboradores, consultoria e assessoria especializadas, registro de produtos, elaboração do Manual de Boas Práticas, e muito mais. Para isso, contamos com uma equipe especializada em Vigilância Sanitária.

Agende já a sua consultoria. Entre em contato conosco:

• Fone: (83) 3045-0997

• E-mail: contato@santeconsultoria.com.br

Caso você verifique alguma irregularidade entre em contato com os órgãos fiscalizadores. Para mais informações sobre registro de produtos, consulte o site da Anvisa: http://portal.anvisa.gov.br/