3 motivos para fazer consultoria em Vigilância Sanitária

O seu objetivo é adquirir uma maior segurança e qualidade para o seu negócio? Saiba 3 motivos para fazer consultoria em Vigilância Sanitária!

Sem dúvidas, quando falamos em empresas na área de saúde, alimentação, beleza, farmacêutica e afins, esses dois termos são bem presentes quando aliamos uma equipe saudável e preparada ao cumprimento das normas de legislação sanitárias.

Isso porque, é primordial que o tratamento de produtos, alimentos, industrializados e qualquer tipo de serviço não ofereçam riscos à saúde humana.

E esse é um trabalho que órgãos fiscalizadores como a Anvisa, precisam fazer para que a qualidade de uma empresa seja atestada como própria para consumo ou uso da população.

Para isso então, é necessária uma preocupação por parte das empresas com itens que cabem ao seu segmento. Por exemplo, a área de alimentos necessita oferecer segurança alimentar. Já os cosméticos, não podem conter substâncias que gerem uma alergia ou problemas na pele.

Tudo um controle de higiene, portanto, é válido e precisa de um gerenciamento especializado e eficiente, assim como a participação de uma equipe pronta para lidar com isso. Os serviços de consultoria, assessoria e treinamentos são importantes para isso.

Desse modo, separamos 3 motivos para fazer consultoria em Vigilância Sanitária. Veja abaixo:

1. Estar em dia com a Anvisa

Créditos de imagem: Pixabay

É possível que, dentro de uma empresa, haja um receio quanto à fiscalização. Esse ato que, gera a possibilidade de interditar bares, restaurantes, farmácias. E que, muitas vezes, um gestor ou uma equipe podem não se atentar ao que faltou para cumprir as normas da forma correta.

Nesse caso, é preciso lembrar que na primeira fiscalização, há ainda o auto de infração sanitária para que haja uma tomada de decisão em relação à interdição ou multa.

No entanto, estar em dia com a Anvisa não só é importante, como necessário. É um dever do seu negócio o cumprimento da legislação, assim como autorização para funcionar, registro de produtos e uma série de documentos e ações administrativas para que haja a regularização.

Uma boa consultoria pode auxiliar o seu negócio a preparar toda a documentação necessária e a manutenção do seu negócio, a depender do que será necessário para a sua área.

2.  Garantir segurança nas atividades da empresa

Créditos de imagem: Pixabay

Outro motivo importante para fazer consultoria em Vigilância Sanitária, é garantir segurança e qualidade nas atividades da empresa, como falamos acima.

O fato é que cumprir as normas estabelecidas pelos órgãos de fiscalização e controle sanitário, é fazer com que, automaticamente, haja a efetividade da segurança nas atividades da empresa e não haja possíveis problemas que possam tornar negativa a imagem da empresa.

E claro, isso será positivo porque as pessoas terão confiança em consumirno seu negócio.

3.  Adquirir credibilidade no mercado

Créditos de imagem: Pixabay

Como foi falado anteriormente, fazer consultoria também é importante para adquirir uma imagem sólida no mercado.

Isso porque, a visibilidade positiva gera credibilidade diante de outras empresas, clientes, e até da concorrência, que passa a ver o seu negócio como referência.

Afinal, a ética também conduzirá as atividades a serem realizadas.

A Santé: Excelência em Vigilância Sanitária

A Santé oferece serviços de consultoria, assessoria e treinamentos voltados para assegurar a qualidade nos produtos/serviços da sua empresa.

Da mesma forma, cuidamos da parte administrativa, que vão desde análise de propostas para atuação no mercado, até organização, planejamento e preparo interno da sua empresa.

Sendo assim, contamos com uma equipe especializada em Vigilância Sanitária, que oferecerá todo o suporte necessário para a construção de uma imagem sólida no mercado.

No mais, para agendar a sua consultoria entre em contato conosco:

• Fone: (83) 3045-0997

• E-mail: contato@santeconsultoria.com.br

Caso você verifique alguma irregularidade entre em contato com os órgãos fiscalizadores. Para mais informações sobre registro de produtos, consulte a Anvisa.